Como os blogs actualmente fazem dinheiro (e como podes fazer, também)

Aqui está uma pergunta de uma seguidora minha chamada Latifa. Ela escreve:

“Pergunto-me se muito do rendimento de um website tipo blogue é gerado pela publicidade. É a CTR (taxa de cliques) que gera um alto rendimento, e pode só isso suster um negócio? Dificilmente parece o suficiente para mim.”

O que ela na realidade está a perguntar é: “Quais são as maneiras diferentes em como os blogs fazem dinheiro?”

Ao longo dos últimos 6 anos, testei muitos destes modelos de negócios nos meus sites e encontrei os que funcionam melhor. Hoje, vou mostrar-te as diferentes opções e dizer-te o que aconteceu quando tentei usá-las nos meus sites.

Modelo de Negócio #1 – Publicidade

O primeiro e mais comum modelo de negócio é a publicidade. Quase todos nós já vimos isto.

São pequenas publicidades – tipicamente usando o Google AdSense – nas barras laterais de um website. Cá está como elas funcionam: à medida que tens tráfego, algumas pessoas irão (eventualmente) clicar nessas publicidades. Quando elas o fazem, ganhas alguns cêntimos, ou mesmo alguns dólares por clique.

Eu tentei isto em alguns dos meus sites. Mas percebi rapidamente que as publicidades não fazem assim muito dinheiro. De facto, o que vim a descobrir foi que precisas de uma quantidade enorme de visitantes, como 50 milhões de visitantes – ou mais – por mês, para teres um bom rendimento das publicidades. Isso é muito tráfego.

Quando comecei lá atrás em 2010, a minha ideia básica era “Se eu não consigo cobrir a minha renda com publicidade, porquê preocupar-me com isso? Elas são feias e distraem. Ainda por cima, acabarei por passar mais tempo a optimizar a CTR (taxa de cliques) nas publicidades do que realmente a escrever conteúdo excelente.”

Então depois de tentar essa experiência por algum tempo, assinalei o quadrado vermelho e disse que não estava interessado num modelo de negócios como este.


Modelo de Negócio #2 – Patrocínios

O próximo modelo de negócio sobre o qual quero falar é o patrocínio.

Se estiveste em listas de emails de empresas como a Groupon, provavelmente estás familiarizado com patrocínios.

As empresas alcançam outras pessoas com uma lista de emails e pedem para patrocinar um email ou comprar uma publicidade no site ou uma publicação no Facebook.

Só significa que eles têm uma hipótese de promover os produtos ou serviços deles aos seguidores da outra pessoa.

Um amigo e eu experimentámos isto no passado. Criámos um pacote de publicidade e perguntámos a potenciais patrocinadores se eles gostariam de colocar uma publicidade nos nossos sites. No nosso pacote de publicidade, incluímos coisas como o tamanho da nossa audiência, a demografia, e o tipo de coisas em que os nossos leitores estão interessados.

Francamente, isto não funcionou nada bem. Gastámos muito tempo a alcançar marcas sem vermos muito dos resultados. E mesmo se tivéssemos um patrocínio por $1000, $2000, $5000, nós olhámos ao quanto trabalho tivemos de fazer e percebemos que não era escalável.

Com isto dito, tenho muitos amigos que têm negócios que têm patrocínios. Eles ganham regularmente patrocínios de $5,000 e $10,000.

A razão pela qual eles são capazes de fazer isto é porque têm uma equipa de vendas. E eles deram um passo mais à frente ao construir relações com os compradores de marketing nesta indústria.

Quando estás a começar, provavelmente não vais ter esses recursos. Por isso se eu tivesse de dizer uma coisa sobre os patrocínios, provavelmente diria que não faz sentido no inicio do teu negócio.


Modelo de Negócio #3 – Vender produtos físicos

O próximo modelo de negócio sobre o qual muitas pessoas perguntam é vender produtos físicos.

Vou ser honesto contigo. Não tenho muita experiência a fazer isso. Sou cauteloso com este modelo de negócio porque as margens de negócio são necessariamente baixas.

Para te dar um exemplo, temos um bloco de notas que os nossos designers criaram internamente para a equipa do Coffeebreak. Se tivéssemos que marcar um preço à volta dos 15€ – por um bloco de notas pequenino – apenas para igualar o preço mesmo se o quiséssemos vender. E depois de o enviarmos para as pessoas, a nossa margem de lucro teria desaparecido.

Assim sendo, não sou definitivamente um especialista em enviar produtos físicos e não sei se há algum dinheiro a ser feito nesse campo.

Mas para mim, prefiro margens de lucro mais altas e mais fáceis de escalar. Os produtos físicos introduzem tantas variáveis e custos que não estou interessado neles.


Modelo de Negócio #4 – Afiliados

O próximo modelo de negócios que podes tentar é afiliados. Se alguma vez viste uma publicidade de afiliados, tu saberás.

No campo de finanças pessoais, verás isto com os cartões de crédito. Por exemplo, um blogger escreverá uma crítica de “Os meus cartões de crédito preferidos”. No final da crítica dele, ele irá dizer “Podes inscrever-te neste cartão aqui – NOTA: isto é um link afiliado”.

Se clicares no link e te inscreveres, a empresa de cartão de crédito vai pagar ao blogger uma comissão de afiliado. Por vezes será $50 ou $75.

Com o tempo, isso pode na verdade totalizar muito dinheiro. E há programas de afiliados para tudo –  desde livros a produtos de perda de peso.

Sabes quem é o maior afiliado no mundo? É chamado de Amazon. Muitas das vezes, se alguém põe links para o Amazon, na realidade eles terão um código de afiliado nesses links.

Se clicas nesses links e compras o produto, o Amazon pagará ao afiliado cerca de 5% ou 6% de comissões.

A minha experiência com afiliados é muito interessante. Decidi não fazer links de afiliados durante muito tempo porque não queria que as pessoas pensassem que estava a recomendar coisas só para fazer dinheiro. Apenas queria recomendar os melhores produtos.

Mas eventualmente percebi que os meus leitores confiavam em mim, eles já iam inscrever-se para as contas que eu estava a recomendar de qualquer maneira. Por isso decidi tentar pôr um link de afiliado numa das minhas recomendações.

A minha primeira tentativa nisto foi uma crítica na minha conta de banco preferida. Mostrei screenshots de como a fiz e adicionei alguns links de afiliado lá.

Quando o fiz – virtualmente da noite para o dia –  fiz mais de $2,000 por mês, só por pôr um link ali.

Há muitas pessoas que fazem muito dinheiro em afiliados. Elas fazem-no numa variedade de maneiras. Unicamente, elas podem escrever conteúdo e adicionar links, como eu fiz.

Outras vezes, elas podem criar páginas de destino, capturando tráfego e desviá-lo. Pode tornar-se muito complexo.

Outra coisa realmente importante é manter em mente que os afiliados podem mudar as regras de repente. Eles podem mudar as comissões deles sempre que quiserem. Se eles fizerem isso rapidamente, pode ser difícil para fazeres ajustes.


Modelo de Negócio #5 – Vender productos de informação online

Agora, um dos meus modelos de negócio preferidos; vender algo que criaste. Tipicamente estes são produtos de informação, como um curso em vídeo.

Os cursos que criamos para Coffeebreak, Geração Milionária e outros sites, levamos um tempo enorme para os produzir. Passamos muito tempo a pesquisá-los, a delineá-los, a testá-los, gravá-los e a projetá-los. Mas uma vez que eles estão prontos, podemos lançá-los para o mundo. E quando o fazemos, ficamos com todos os lucros.

Se alguém nos compra algo, não temos de pagar 30% ao Amazon ou 30% à Apple ou qualquer coisa a estas pessoas que querem uma pequena parte.

Não temos de fazer isso. É nosso. Podemos mudar o título. Podemos mudar o preço. Podemos fazer o que queremos.

Agora, como podes imaginar, isso também dá muito trabalho.

Para mim, tornou-se realmente poderoso saber que posso controlar o meu destino desta forma.

Se eu trabalhar arduamente – se eu criar produtos bons – eu posso ganhar dinheiro a sério disto. Com o tempo, isso tornou-se o ponto crucial do nosso negócio e agora nós geramos mais de 85% do nosso rendimento através dos nossos próprios produtos. Então eu não posso recomendá-lo o suficiente.

Podes pegar nas capacidades e experiências que tens dentro de ti e empacotá-las em algo pelo qual o mundo vai pagar.

Quando fazes isso, podes pô-lo online e vendê-lo automaticamente. Mesmo enquanto estás a dormir, as pessoas serão capazes de comprar através de ti. Dessa maneira quando acordas, tens um relatório de vendas que te diz que ganhaste $27 ou $270 ou mesmo $2,700 durante a noite.

Isso é incrivelmente poderoso.

Sim, tu tens de trabalhar arduamente, mas uma vez que o fazes, podes lucrar para sempre.

Então estes são alguns dos modelos de negócios que eu experimentei ao longo de 6 anos. Agora podes fazer isto. Podes crescer o teu próprio negocio online bem sucedido – que te gera seis dígitos ou mais.

Quais são os tipos de modelos de negócio que usas nos teus sites ou que estás interessado em usar? Deixa a tua resposta nos comentários abaixo.

Bem Vindo à Geração Milionária
Nós partilhamos conteúdo que tu podes realmente usar para mudar a tua vida, duas vezes por semana.
Tu nasceste com um propósito, caso contrário não estarias aqui. Clica no botão abaixo e junta-te a uma óptima comunidade de pessoas que já estão a mudar as suas vidas.
JUNTA-TE À COMUNIDADE
Ivo Ferreira
Ivo Ferreira

Sou o fundador de Coffeebreak – um site que criei num dormitório até um negócio online com mais de 1 milhão de visitantes mensais e milhares de euros em receitas. Hoje dedico a minha vida a ajudar outras pessoas a criarem negócios online de sucesso.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Download de

7,250,164,321 razões porque podes fazer uma vida de sucesso online

Faz download gratuito do nosso guia e aprende como pessoas 'normais' estão a pegar nas suas habilidades e a transformá-las em negócios online extraordinários.
QUERO ACESSO IMEDIATO
Bem Vindo à Geração Milionária
Nós partilhamos conteúdo que tu podes realmente usar para mudar a tua vida, duas vezes por semana.
Tu nasceste com um propósito, caso contrário não estarias aqui. Clica no botão abaixo e junta-te a uma óptima comunidade de pessoas que já estão a mudar as suas vidas.
JUNTA-TE À COMUNIDADE